TV São Bernardo publica informação falsa sobre escola da rede municipal de São Bernardo do Campo. Exigimos retratação!

Reproduzimos a seguir a NOTA DE ESCLARECIMENTO feita pela nossa brilhante e competente colega Cristiane Oliveira, diretora escolar da EMEB Florestan Fernandes, a respeito de matéria com informações falsas, veiculada pela TV São Bernardo. Nos solidarizamos com a escola e exigimos que a TV São Bernardo se retrate publicamente.

*

NOTA DE ESCLARECIMENTO

No dia 31/10/2019 a Veja São Paulo publicou uma reportagem na qual menciona a vistoria que o Tribunal de Contas fez em 266 escolas do Estado de São Paulo. Uma das escolas que a reportagem cita é a EMEB Prof Florestan Fernandes de São Bernardo do Campo, no texto afirma que havia inadequação nos freezeres onde as carnes estavam armazenadas. Diz que as carnes estavam descongeladas a 19ºC. Notícia que também foi publicada, com destaque, na TV São Bernardo em sua página no facebook.

Acontece, que essa informação não procede!!! É FAKE NEWS!!!! Notícia falsa!!!

O tribunal de contas, de fato, está realizando uma fiscalização sobre a merenda escolar nas escolas dos diferentes municípios do estado de SP, a qual foi realizada no dia 31/10/2019 e o relatório, dessa fiscalização, já está disponível no próprio site do TCE. No relatório não consta nada específico das escolas vistoriadas mas divulga dados gerais das condições das cozinhas e dos alimentos encontrados. Lista também os municípios e as escolas visitadas. Da região do ABC apenas dois municípios foram vistoriados (Diadema e São Caetano). São Bernardo do Campo não consta na lista de municípios a ter unidade escolar fiscalizada. Há uma escola de educação básica denominada Florestan Fernandes mas no município de Cosmópolis.

No fim da tarde de ontem a revista Veja alterou o texto da reportagem, inclusive mencionando o encaminhamento dado pela Prefeitura do município em questão, conforme imagem abaixo.

Apesar da alteração no texto, a revista Veja, não faz nenhuma menção ao erro cometido, apenas cita, no final da reportagem “*Esse texto foi alterado”.

TV SBC

Já a TV São Bernardo que tem como slogan “A TV que fala a verdade” não publicou o novo texto da Veja e tampouco fez alguma retração pública ao erro cometido.

Trago tais fatos pois a indignação é tamanha com a falta de respeito e de compromisso com a verdade. Errar é humano, mas reconhecer o erro e retratar-se publicamente é fundamental para os esclarecimentos dos fatos, para a efetivação da transparência pública e para o fortalecimento da democracia. Fico me perguntando como tais veículos de comunicação que deveriam ter compromisso com a verdade e com os esclarecimento dos fatos, publicam tais informações, sem antes realizar uma minuciosa investigação da procedência dos dados, ouvindo as partes envolvidas, bem como, analisando os documentos oficiais.

O papel da mídia é manter a população sempre informada, mas informada com dados verídicos, mostrando as diferentes versões dos fatos e deixando que a população tire suas próprias conclusões. Vivemos tempos dificieis e perigosos, onde notícias falsas circulam e são replicadas como verdades absolutas colocando o trabalho e a seriedade das instituições e/ou pessoas em jogo. E, quando isso acontece a partir de grandes veículos de comunicação, é mais preocupante ainda.

Instituições que zelam pelo compromisso e pela verdade podem errar, mas também reconhecem o erro e se retratam publicamente perante as instituições afetadas. É o mínimo que espero de tais veículos de comunicação.

Cristiane Oliveira e Silva
São Bernardo do Campo
02/11/2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: